domingo, 7 de fevereiro de 2010

A Ver: Be Kind Rewind

As grandes produções de Hollywood são conhecidas pelos efeitos especiais, grandes estrelas e milhões de dólares de lucros (ou prejuizos...). Do "outro lado da barricada" estão os indies, ou seja os filmes independentes, e estes muitas vezes conseguem captar algo que escapa às grandes produções.
Este filme tem um exxelente elenco: Jack Black (Jerry), Mos Def (Mike) e Danny Glover (Mr. Fletcher). E conta-nos a história de um decadente clube de vídeo que ainda só aluga VHS, é propriedade de Mr. Fletcher que é um saudosista de uma personalidade de jazz: Fats Waller. Tem como empregado Mos Def que é muito respeitador e o seu melhor amigo é representado por Jack Black que é doido varrido, vive numa autocaravana e é um engenhocas. Depois de um acidente com electricidade, Jerry apaga todos os filmes das cassetes, e em risco de fechar o clube, os dois amigos decidem fazer eles as suas proprias versões dos filmes, começando por Ghostbusters. Como não têm muito dinheiro e pouco tempo para fazer os filmes, eles têm apenas 20 minutos mas o modo como são feitos é bastante criativo, usando utensilios do dia-a-dia para lhes dar "realismo". A comunidade começa a interessar-se pelos filmes e decidem realizar todos um documentário sobre a vida de Fats Waller, e é quase emocionante ver as suas reacções ao verem a projecção do filme, ao verem-se retratados. É certamente o filme mais original que vejo desde há muito tempo.

1 comentário:

mathumalis disse...

Jack Black é um senhor!! O filme é brutal!!