segunda-feira, 9 de junho de 2014

Previsões para o Mundial 2014

Polski Zwiazek Pilki Noznej
Brasil - Não fosse o facto de jogar em casa, não colocaria o Brasil no lote de favoritos. De qualquer modo a equipa tem dado bons apontamentos, venceu a Taça das Confederações (sem qualquer derrota e apenas 3 golos sofridos) e venceu a grande maioria dos amigáves que disputou ao longo destes últimos 2 anos, embora alguns dos adversários tivessem qualidade duvidosa. Deverá passar o grupo sem dificuldades de maior. Apesar da contestação ao Mundial, o mínimo que os Brasileiros pedem à equipa é que vença a competição e contam com a pessoa certa, Scolari pode ter muitos defeitos, mas parece ser determinado e imune a pressões deste género.
Estrela: Neymar, nestes ultimos dois anos passou os grandes testes que faltavam na sua afirmação plena como estrela do futebol mundial. Adaptou-se muito bem ao Barcelona e conseguiu ser determinante pelo Brasil na conquista da Taça das Confederações. Iremos encontrar um jogador muito confiante e provavelmente mais fresco que outras estrelas;
Polski Zwiazek Pilki NoznejCroácia - É já uma equipa clássica em Mundiais (mas não em Europeus). Qualificou-se para os playoffs ultrapassando os rivais da Sérvia, onde eliminou a frágil Islândia. Está num grupo acessível, penso que México e Camarões estão furos abaixo desta selecção. Caso consiga ultrapassar a pressão do jogo de abertura contra o Brasil (onde os canarinhos vão estar muito moralizados), passará à fase seguinte.
Estrela: Luka Modric, conseguiu impor-se como titular no Real Madrid, sendo actualmente um dos melhores médios do Mundo, na liga Espanhola tem 90% de eficácia nos passes, tendo sido fundamental na conquista da Champions;
Polski Zwiazek Pilki NoznejMéxico - Uma equipa habitual em Mundiais, embora se jogasse num continente com futebol mais competitivo talvez não tivesse tantas presenças em mundiais. Curiosamente a qualificação para o Brasil, foi tudo menos tranquila, tendo ficado em 4º lugar, o que obrigou a um playoff com a Nova Zelândia. Outro problema dos Mexicanos foi o facto de na qualificação não ter conseguido vencer nenhuma das outras selecções que se qualificaram no Mundial. Aparentemente não me parece que o México tenha argumentos para discutir com a Croácia o 2º lugar do grupo.
Estrela: Chicharito Hernández, teve uma época muito irregular, muito também por culpa da péssima temporada do Manchester United, pelo que podemos dizer que vai fresco para o Mundial e nos tempos que correm é uma grande vantagem;
Polski Zwiazek Pilki NoznejCamarões - Teve uma qualificação tranquila, mas a ideia que a equipa passa é de desorganização e que Samuel Eto'o lidera mais que os vários seleccionadores que passaram pela equipa nos ultimos anos. Não vai ter vida fácil no grupo, tendo de aproveitar o jogo com o México para conseguir atacar a próxima fase. 
Estrela: Samuel Eto'o, depois da saida de Song e de Geremi o seu papel como lider incontestado da equipa ficou reforçado. A sua passagem pelo Anzhi fez-lhe bem à conta bancária, mas não ao seu futebol;
Polski Zwiazek Pilki Noznej
Espanha - 1 mundial e 2 Europeus depois, ultima paragem para a grande geração de Espanha. Apesar de existirem já jogadores mais novos, a espinha dorsal da equipa ainda é constituida pelos consagrados, e isso poderá ser até o ponto fraco da Espanha, pois apesar da qualidade técnica estar lá, o fisico já começa a não ser o mesmo. De qualquer modo o sistema de passe permite que jogadores trintões como Xavi consigam respirar ao longo das partidas. Fez uma qualificação sem mácula (e tinha a França no grupo). Como bi-campeã Europeia e campeã Mundial em curso, é obviamente uma das favoritas a vencer a competição.
Estrela: Andrés Iniesta, neste momento joga apenas pelo prazer do futebol e claro, pelo dinheiro. venceu dois Europeus, foi peça fundamental no Barcelona de Guardiola que venceu tudo o que havia para ganhar e marcou o golo que decidiu o Mundial de 2010;
Polski Zwiazek Pilki NoznejHolanda - Foi a primeira selecção Europeia a chegar ao Mundial, só empatando uma vez... contra a Estónia. Já perdeu 3 finais de Mundiais, tendo perdido a ultima precisamente contra a Espanha. O jogo contra os campeões será certamente algo emotivo e poderá ser uma oportunidade de "vingar" a derrota em 2010. O grupo não é facil, pois além da Espanha também existe o Chile (e a Austrália).  
Estrela: Arjen Robben, é juntamente com Ribéry o coração do Bayern. Continua a ser um jogador rapidissimo, tecnicista e com um sentido de golo como poucos;
Polski Zwiazek Pilki NoznejAustrália - É talvez a selecção mais azarada do Mundial. Calhou no grupo dos finalistas de 2010 e da selecção (re)emergente da América do Sul. Beneficiou com a passagem para a Confederação Asiática, estando já no seu 3º mundial seguido (em 4). A equipa passa por um processo de renovação tendo vários jogadores oriundos do campeonato Australiano e em algumas equipas Asiáticas, os que jogam na Europa estão em geral em equipas medianas. Os amigáveis de preparação não têm corrido bem com duas derrotas por 6-0.  
Estrela: Tim Cahill, já está na reforma dourada nos Estados Unidos, onde é uma das estrelas do campeonato. É o melhor marcador da história da Austrália;
Polski Zwiazek Pilki NoznejChile - Recuperou em 2010 depois de alguns anos cinzentos após a reforma de Zamorano e Salas. Em 2014 chega a confirmação, esta geração do Chile tem potencial. Não é equipa para grandes "andanças" mas pode criar problemas no seu grupo e intrometer-se na luta Espanha/Holanda. Apesar do 3º lugar na qualificação, perdeu 9 jogos (em 16) e sofreu 25 golos, o que significa que existem muitas arestas para limar.  
Estrela: Alexis Sánchez, conseguiu o seu espaço no Barcelona, o que não é facil, tendo feito este ano a sua época mais concretizadora com 19 golos;
Polski Zwiazek Pilki NoznejJapão - Foi a primeira equipa a conseguir o passaporte para o Brasil. O futebol Japonês tem-se afirmado cada vez mais como o melhor do seu continente. O Japão é a equipa com mais taças da Ásia e o seu campeonato tem na sua confederação o mesmo papel que o Espanhol ou o Inglês tem na Europa, atraindo os melhores jogadores (que não jogam no velho continente, claro). Está num grupo equilibrado, o que lhe permite sonhar com a próxima fase. É curioso notar que por vezes os Japoneses jogam como constroem os automóveis, ou seja altamente especializados, se têm duvidas vejam como o Japão é optimo (especializado) nas bolas paradas.  
Estrela: Keisuke Honda, é mais que uma manobra de marketing, demonstrou a sua qualidade em 2010 e adaptou-se bem ao duro futebol Russo. Apesar de ser um jogador ofensivo não marca muitos golos;
Polski Zwiazek Pilki NoznejColômbia - Já se percebeu que este Mundial está enguiçado no que toca a lesões dos melhores jogadores. Por enquanto a Colômbia foi a principal vítima (no momento em que escrevo este texto não sabemos como irá estar Ronaldo), não pelo número de jogadores lesionados, é apenas um, mas é Falcao. Sem a presença dele, tudo será mais complicado. Apesar do aparente equilibrio do grupo, considero que a Grécia é a equipa com mais argumentos para passar. O primeiro jogo da Colômbia é precisamente contra os Gregos, a exibição nessa partida irá determinar o caminho dos Colombianos.
É de saudar o regresso da Colômbia que desde 1998 que andava afastada deste palco.
Se Mondragón jogar baterá o recorde de idade de Roger Milla. 
Estrela: James Rodriguez, obviamente este lugar estava reservado para Falcao. Na ausência deste será Rodriguez a assumir o papel, sendo considerado o sucessor natural de Valderrama;
Polski Zwiazek Pilki NoznejCosta do Marfim - Já vai no seu 3º Mundial consecutivo. É dificil prever o caminho desta equipa, tem jogadores de topo e Drogba mesmo no ocaso da sua carreira ainda é um perigo, mas tal como no caso dos Camarões mostra alguma falta de organização nos momentos chave.  
Estrela: Didier Drogba, muitos colocariam Yaya Touré neste lugar, mas sempre admirei Drogba, pelo que o escolho a ele. Apesar dos seus 36 anos continua titular no Galatasaray e a marcar golos na Turquia e na Liga dos Campeões;
Polski Zwiazek Pilki NoznejGrécia - Chegou ao Mundial via playoff. Considero a Grécia uma equipa amadurecida, obviamente que 2004 é irrepetivel mas já vai conseguindo marcar presença nos grandes eventos. Caso passe a fase de grupos será o seu melhor Mundial de sempre, e para ser honesto é a equipa do seu grupo melhor posicionada nesse sentido.  
Estrela: Sokratis, a imagem de marca da selecção Grega é o trabalho e a discipina dos jogadores, o que tenta compensar a ausência de estrelas. Sokratis assume estas duas caracteristicas conseguindo impor-se no Borussia Dortmund;
Polski Zwiazek Pilki Noznej
Inglaterra - Qualificou-se sem derrotas, o que por si só é um avanço em relação a anos anteriores em que eram qualificações mais sofridas. É uma equipa em renovação, pelo que talvez por isso tenha sido afastada do lote de favoritos, o que lhe dá uma vantagem nas expectativas. Está num grupo complicado juntamente com a imprevisivel Itália e o Uruguai, será uma luta a três para dois lugares.
Estrela: Wayne Rooney, apesar de ter marcado vários e importantes golos esta época, a má temporada do Manchester United acaba por reflectir-se no rendimento dos seus jogadores;
Polski Zwiazek Pilki Noznej
Itália - Tal como no caso da Inglaterra fez uma qualificação imaculada. Vem com o estatuto de vice-campeã Europeia, o que prova que a Itália é capaz do melhor e do pior, em 2010 tinha feito um péssimo Mundial. A imprevisibilidade da Itália acaba por tornar dificil qualquer previsão. Mas caso esteja em forma, poderá vencer o Mundial e empatar com o Brasil em número de taças.
Estrela: Andrea Pirlo, caso Balotelli tivesse "mais cabeça" seria ele a figurar aqui. Andrea Pirlo pode perder velocidade e resistência (embora não se note), mas tecnicamente continua irrepreeensivel, jogou nos 3 principais clubes de Itália e venceu mais um campeonato;
Polski Zwiazek Pilki NoznejCosta Rica - É claramente a equipa que menos hipoteses tem no grupo. Tendo em conta as ambições e qualidade dos seus adversários, a Costa Rica tentará amealhar algum ponto contra algúem mais desprevenido.  
Estrela: Bryan Ruiz, o capitão da Costa Rica é certamente dos jogadores com melhor curriculo da história do país. Construiu a sua carreira na Costa Rica, Bélgica, Holanda e Inglaterra;
Polski Zwiazek Pilki Noznej
Uruguai - O Grupo D reune 7 Taças do Mundo, duas delas pertencem ao Uruguai. Foi a equipa sensação do ultimo Mundial e continuou os bons resultados na Copa América. No entanto algo ocorreu na equipa pois a qualificação foi muito tremida, tendo ficado em 5º lugar o que lhe valeu um playoff com a Jordânia. É uma equipa forte e experiente pelo que será dificil determinar quem vai ficar de fora neste grupo.
Estrela: Luis Suárez, marcou 31 golos na Liga Inglesa, tendo de dividir a bota de ouro com Cristiano Ronaldo. É um jogador polémico e com mau feitio, mas quando está motivado (e este ano esteve) é o melhor ponta de lança da actualidade;
Polski Zwiazek Pilki Noznej
França - Está no grupo certo para seguir em frente. A França nos ultimos anos tem vindo a ser alvo (justamente ou não) de polémica nas suas qualificações para as grandes competições e de ser sorteada em grupos acessíveis. Desde que Zidane e companhia se retiraram, a França ainda não encontrou o seu rumo mas está quase pois a nova geração está a consolidar-se. Teve um rude golpe com a ausência de Ribery que fará certamente muita falta.
Não creio que possa vencer, mas tem matéria prima para chegar aos quartos de final.
Estrela: Karim Benzema, este lugar estava destinado a Ribéry, mas na sua ausência penso que será Benzema a assumir a responsabilidade. Não é consensual no Real Madrid e na própria França, mas marcou 25 golos esta época. Penso que na proxima competição o nome que irá aqui figurar será o de Pogba;
Polski Zwiazek Pilki NoznejHonduras - É das equipas mais fracas da competição, pelo que não se espera nada das Honduras. Obviamente este estatuto retira pressão aos jogadores, pois o prémio foi a qualificação. Resta esperar e tentar fazer estragos nos jogos da França, Suíça e Equador.  
Estrela: Emilio Izaguirre, numa equipa tão mediana não é facil encontrar estrelas. Izaguirre joga no Celtic sendo titular indiscutivel;
Polski Zwiazek Pilki NoznejEquador - Antes de falar da equipa, tenho de referir que durante a qualificação perdeu aquele que estava a ser o seu melhor marcador, Chucho Benítez que faleceu no Qatar.
O Equador tem sempre o estigma de só vencer em casa por escolher estádios em altitudes elevadas que favorecem os jogadores Equatorianos, o que é certo é que não venceu um único jogo fora de portas. A fragilidade em jogos fora é fatal numa competição deste género e com a solidez defensiva da Suíça e a ambição da Franca, será dificil para o Equador passar à fase seguinte.  
Estrela: Antonio Valencia, é o jogador Ecuatoriano com melhor curriculo. Está no Manchester United à 5 épocas;
Polski Zwiazek Pilki NoznejSuíça - Para quem não sabe o cabeça de série do Grupo E não é a França, mas sim a Suíça. Apesar da interrupção do Euro 2012, os Helvéticos têm estado presentes desde 2004 em todas as grandes competições de Futebol (co-organizando uma pelo caminho em 2008). Em 2010 venceu a Espanha pelo que ficou provado que os Suiços têm capacidades para vencer os melhores do Mundo. Graças à sua solidez defensiva, a Suíça conseguirá passar a fase de grupos.
Estrela: Stephan Lichtsteiner, a vantagem da Suíça é a sua defesa, e embora Lichsteiner jogue mais recuado não é nos desarmes ou no corte que ele se destaca, mas sim nas suas arrancadas pelas laterais;
Polski Zwiazek Pilki Noznej
Argentina - A cada ano que passa parece que a Argentina se vai tornando menos favorita a vencer o Mundial. No entanto desde 2002 esta é para mim a equipa mais forte da Argentina. Venceu sem dificuldades a fase de qualificação na CONMEBOL, mas faltava lá o Brasil. Todos os olhares irão estar colocados em Messi, faltando-lhe pela Argentina um momento Suécia X Portugal, como  Ronaldo teve e onde finalmente se tornou consensual na selecção. Em condições normais a Argentina poderá chegar longe no Mundial.
Estrela: Lionel Messi, fez uma época abaixo das expectativas ("só" 41 golos em 46 jogos), reza o mito que ele assim o quis para estar em forma para o Mundial. De Messi espera-se sempre muito, poderá ser este o Mundial da sua afirmação pela Argentina;
Polski Zwiazek Pilki NoznejIrão - Depois de uma ausência em 2010, o Irão está de volta ao grande palco e com uma qualificação interessante, onde ficou à frente da Coreia do Sul, e sofreu apenas 2 golos em 8 jogos. A maioria dos jogadores ainda actua no Irão e os que actuam fora jogam em campeonatos Europeus de divisões inferiores, esta fata de "tarimba" poderá sair cara ao Irão, mas tem de se começar por algum lado...
Estrela: Reza Ghoochanneijhad, joga no modesto Charlton da 2ª Divisão Inglesa, mas isso não o  impede de  ser o grande goleador Iraniano, em 14 jogos leva 10 golos. Jogava nas camadas jovens da Holanda até ser convidado por Carlos Queiróz a representar o Irão;
Polski Zwiazek Pilki NoznejNigéria - São os actuais Campeões Africanos e qualificaram-se com facilidade para o Mundial. Tudo isto foi conseguindo com a liderança de um treinador Nigeriano, aspecto raro entre as selecções Africanas que apostam geralmente em treinadores Europeus. Depois de uma travessia no deserto em termos qualitativos após Kanu, Sunday Oliseh e outros, parece que o futebol Nigeriano está a renascer, veremos se é para ficar. Tem equipa para discutir a qualificação á fase seguinte.
Estrela: John Obi Mikel, não é um jogador consensual mas o certo é que cumpre. Está no Chelsea desde 2006 e nunca foi preterido por nenhum treinador;
Polski Zwiazek Pilki NoznejBósnia e Herzegovina - O principal responsável pela tardia estreia da Bósnia em grandes competições é Portugal que venceu em dois playoffs consecutivos a equipa dos Balcãs. Desta vez nem foi preciso ir a playoff, a Bósnia venceu categoricamente o seu grupo, tendo sofrido apenas uma derrota numa altura em que já se encontrava qualificada. A grande questão do futuro para os Bósnios passa por perceber se esta é apenas uma geração brilhante ou se existem pernas para andar e é o inicio de uma equipa de qualidade a nivel Europeu. Desde já tem o prémio de ser a unica estreante neste Mundial.
Estrela: Edin Dzeko, o grande goleador Bósnio joga no Manchester City onde não é facil ser titular dada a concorrência no ataque, mas quando joga cumpre sempre, tendo marcado 25 golos. Pela selecção marcou em mais de metade dos jogos que realizou;
Polski Zwiazek Pilki NoznejPortugal - Teve mais uma qualificação tremida sem necessidade, pois o grupo não era de todo dificil. Chega ao Mundial via playoff com a Suécia, onde Cristiano Ronaldo finalmente agarrou o lugar como líder e deixou a nú um problema que já todos sabiam: a "Ronaldodependência". De facto sem Ronaldo a selecção revela as suas fragilidades, principalmente no ataque onde continua a não existir um ponta de lança eficaz. Os titulares de Portugal dão garantias mas o banco não está ao mesmo nivel. Se Ronaldo estiver em condições, Portugal discute o grupo e poderá alcançar os quartos (que parece ser o objectivo da Federação), sem o nº7 tudo fica mais complicado.
Estrela: Cristiano Ronaldo, mais uma época com números da década de 40 ou 50 (51 golos em 47 jogos). Está completamente estoirado e teve em risco de se juntar a Ribéry como grande ausente do Mundial, aparentemente está recuperado, motivado está de certeza;
Polski Zwiazek Pilki Noznej
Alemanha - Em Abril era a principal favorita a vencer o Mundial, mas nos ultimos tempos já perdeu uma série de jogadores devido a lesões. Neste momento a convocatória da Alemanha é "colada a cuspo", ou seja vários jogadores foram chamados para subtituir os azarados. Mesmo com os problemas de lesões continua a ser uma equipa formidável e embalada pelo sucesso do Bayern e Borussia. É a grande favorita no seu grupo e poderá vencer a competição.
Estrela: Mesut Özil, foi incompreensivelmente vendido ao Arsenal. Afirmou-se sem problemas na Liga Inglesa continuando a jogar com a mesma qualidade que demonstrou na Alemanha e Espanha. O jogo da selecção passa todo por ele;
Polski Zwiazek Pilki NoznejEstados Unidos - Tem vindo a tirar protagonismo ao México nos torneios de qualificação da sua confederação e o seu campeonato parece finalmente entrar nos eixos, onde todos os anos cresce o numero de equipas a querer participar. É do meu ponto de vista a equipa mais fraca do grupo, mas pode criar problemas aos favoritos, como Portugal tão bem sabe.
Estrela: Jozy Altidore, este lugar deveria pertencer a Landon Donovan, mas Klinsmann decidiu trocar as voltas. Apesar de pouco conhecido Altidore é o recordista de golos na Europa numa temporada entre os jogadores Americanos;
Polski Zwiazek Pilki NoznejGana - É do meu ponto de vista a equipa mais organizada de África, sendo disciplinada tacticamente. Basta referir que o seu maior prodigio dos ultimos anos é um médio de contenção (Essien) e nem jogou no ultimo mundial e não foi por isso que a equipa se ressentiu, tendo atingido os quartos de final. Curiosamente nas conversas de café as pessoas com quem tenho falado desvalorizam o Gana, ou colocam os Estados Unidos como mais temiveis. Tenho a ideia contrária, é com o Gana que Portugal vai discutir um dos lugares de acesso, e não será facil.
Estrela: Kwadwo Asamoah, foi dificil decidir a estrela, em primeiro lugar pensei em Essien, mas não tem jogado no seu clube, depois em Kevin Prince Boateng, que fez uma boa época e era determinante no Milan, mas na selecção tem pouca influência e conta apenas com 11 jogos. Asamoah foi determinante na Juventus este ano e é fundamental no Gana;
Polski Zwiazek Pilki NoznejArgélia - Tem sido a equipa Africana que mais evoluiu nos ultimos tempos e é a unica representante no Mundial do Mundo Árabe. Tem aproveitado a geração de emigrantes Argelinos que já nasceu em França, mas não conseguiu chegar aos Bleus. É teoricamente a equipa mais fraca do seu grupo. O jogo com a Coreia do Sul será decisivo. 
Estrela: Sofiane Feghouli, um dos muitos jogadores Franceses naturalizados. Titular no Valencia;
Polski Zwiazek Pilki NoznejBélgica - Depois de uma longa ausência (desde 2002) a Bélgica volta a marcar presença nos grandes palcos, e logo pela porta grande, pois neste momento é a selecção da moda. De facto a Bélgica tem ao seu dispor uma geração de uma qualidade maior que o nivel do futebol do seu pais, tendo sido em muito enriquecida pela comunidade imigrante. Todos os jogadores jogam em equipas de qualidade e mais de metade em equipas de topo. Receio que a Bélgica acuse a pressão de "ter fazer algo" neste Mundial, mas em condições normais pode ir longe... muito longe. 
Estrela: Eden Hazard, o jogador que personifica a qualidade da Bélgica, fundamental no Chelsea e na selecção, foi para mim um dos jogadores do ano;
Polski Zwiazek Pilki NoznejRússia - Suplantou Portugal na fase de grupos e foi colocada num grupo que lhe permite sonhar com a fase seguinte. Todos os jogadores comvocados jogam no campeonato Russo o que demonstra a qualidade do campeonato, mas também pode significar falta de adaptação de jogadores Russos ao exterior. 
Estrela: Aleksandr Kerzhakov, já é o melhor goleador de sempre do futebol Russo, com a chegada de Capello é titular indisctuviel na selecção Russa;
Polski Zwiazek Pilki NoznejCoreia do Sul - Foi durante anos a melhor equipa Asiática (em termos de Mundial continua a ser graças ao 4º lugar em 2002), mas tem tem vindo a perder o lugar para o Japão. Teve uma qualificação algo sofrida, tendo-se qualificado directamente por diferença de golos. Tem experiência de Mundial o que pode ser uma vantagem mas terá de suar muito se quiser chegar à proxima fase. 
Estrela: Son Heung-min, a geração de 2002 já se retirou e com ela Park Ji-Sung. Uma nova geração desponta e Heung-min é o principal rosto tendo-se afirmado na Bundesliga;

5 comentários:

Tiago Ribeiro disse...

Sobre a a pressão que os jogadores Belgas possam estar a sentir: está acontecer um fenómeno aqui na Bélgica que nunca antes tinha acontecido (mesmo quando eles foram os anfitriões do Euro 2000) que é muito semelhante ao que aconteceu em Pt com o Euro 2004. Vez pessoas com bandeiras nos carros, nas casas, e um apoio mediático e publicitário muito intenso, que de acordo com as minha fontes belgas nunca antes se tinha visto, tanto na comunidade Francófona como Flamenga! Curiosamente parece que a Fifa teve uma mãozinha nisto pois pela primeira vez estão a patrocinar e promover a criação de merchandising da equipa Belga (Red Devils... yeap é assim que chamam a seleção...) Esta pressão de opinião pública e mediática pode ajudar a motivar ou então a os tornar mais nervosos...

Tiago Oliveira disse...

Boas previsões! O que vai decidir este mundial (e já está a decidir) vai ser a frescura física dos jogadores. E por isso vamos ter algumas surpresas de equipas que não tem nenhuma baixa de vulto, como: Bélgica, Inglaterra e Argentina. E Portugal...infelizmente não estou a acreditar muito...Amanhã já começa!

Tiago Oliveira disse...

Esqueci-me da Espanha, que não tem nenhuma baixa importante.

Alex disse...

Pois, a Espanha não está a ser muito falada, melhor para eles!

João Pedro disse...

Barras,

nice!
Excelente pormenor das Taças!

No geral, concordo com tudo; pequenas nuances que podíamos falar (julgo que Yaya deve ser a estrela apesar de Drogba ser a lenda, uma vez que é mais importante tacticamente) mas a ideia geral é que podemos ter realmente um Mundial que promete muito e cumpre!

Não há grandes ausências (apenas de jogadores, não de selecções) e destaco que a Suiça e a Bélgica souberam esperar por outra geração e fizeram bem a integração... vamos ver se Portugal vai conseguir isso - embora Ronaldo se possa fixar a '9' quando já não tiver a explosão e hoje (mas lá está,soluciona o problema do ponta-de-lança mas perpetua o da dependência).

Pessoalmente, gosto muito do grupo Colômbia/Costa/Japão/Grécia... acredito que Colômbia e Bélgica podem brilhar... incrível ver que se a Jugoslávia fosse uma, teriam uma "ganda" selecção (faltam países ausentes...) e dou o favoritismo a Brasil (defesa muito boa, se marcarem primeiro raramente vão sofrer, logo ganhar) e à Espanha (Ramos, Iniesta e Diego Costa podem e devem brilhar, embora Torres apareça sempre bem).

Itália, aguardo para ver Buffon e a equipa a empatar os dois primeiros jogos, ganhar o último 1-0 e pimba... estão nas meias-finais!

Abraço e bons jogos!