quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

A Ver: Slumdog Millionaire


É sem dúvida o filme surpresa do ano. Inicialmente era para ser lançado directamente em dvd, depois decidiu-se por mostrar o filme apenas em algumas salas de cinema nos EUA. Mas 4 nomeações para os globos de ouro e 10 (!) nomeações para os Óscares... temos um êxito mundial.
O filme conta a história de Jamal Malik um rapaz dos bairros de lata de Bombaim que leva uma vida miserável, sobrevivendo de esmolas e trabalhos precários. Após uma série de peripécias ele separa-se do seu irmão (Salim) e da paixão da sua vida (Latika).
De modo a tentar encontrar Latika, Jamal decide participar no programa de televisão mais popular da Índia, o Quem Quer Ser Milionário.
Sendo um rapaz quase iletrado, era de esperar que fosse logo eliminado do programa, mas ele vai respondendo certo a todas as perguntas, graças à sua experiência de vida e a coisas que assistiu na infância.
Gostei muito do filme, mesmo muito, está muito criativo e tem uma dose de ingenuidade que apesar de tudo lhe fica bem (Mas o espirito Bollywood está lá - vejam os créditos finais, enfim...).
Nota-se que o filme tenta mostrar a Índia real, acho que basta ver alguns documentários e ler algumas coisas para não se ficar surpreendido com a imagem mostrada, mas sim um pouco desapontado por não ser dado a conhecer também o país maravilhoso que é, talvez por isso o filme não tenha sido muito popular na Índia.
Por último queria só referir que o filme mostra a injustiça social Indiana, mas também não se esforçou muito por contrariá-la... é que a menina que desempenhou o papel de Latika vive numa barraca em Bombaim, e o miudo que fez de Salim é sem-abrigo. Quem merece crítica maior? a sociedade indiana ou uma equipa de cinema britânica que se aproveita da miséria e tem a "lata" de a criticar? infelizmente ambas merecem.

3 comentários:

James Oliveira disse...

zé manel, é o filme do ano, e dos melhores filmes de sempre!...em relação aos putos, o Danny Boyle mais um produtor do filme, criaram uma conta para eles, a cena é que eles só vão ter acesso ao dinheiro quando tiverem 16 anos e terem completado os estudos..assim é que é

Alex disse...

Pois mas para beneficiarem do fundo necessitam de andar na escola... bom de qualquer modo penso que têm necessidades mais urgentes para resolver, como habitação.

Söf!@ disse...

Também vi este filme... sem dúvida muito bom e, infelizmente, muito real...
Retrata bem aquilo por que provavelmente muitos de nós nunca teremos de passar...

Só é pena o rapazinho pequenino que faz de Jamal viva numa barraca em Bombaim, e por acaso foi despojado mais o resto da família desse bairro de lata, porque decidiram construir ali mais um prédio...
Já para não mencionar o facto de, tanto tempo depois do filme, ainda não recebeu nem um único tostão dos que lhe foram acordados no contrato... Enfim...


Tens um blog muito interessante Alexandre... passarei aqui mais vezes a visitá-lo... gostei bastante ;) Parabéns =)