quinta-feira, 1 de março de 2007

A Jogar: The Elder Scrolls III: Morrowind


Já tinha falado neste jogo antes, mas não resisto a falar outra vez (tinha ficado incompleto).
Este jogo destaca-se dos demais pelos seus gráficos (mesmo sendo de 2002 são muito bons) e principalmente pela sua liberdade. De facto é como se não tivesse fim, pois o jogador é livre de fazer o que quiser, tendo um continente inteiro (16km2) à sua disposição! com desertos, neve, ilhas, cidades ou florestas.
Existe uma main quest, que é a história principal, mas para provar a sua liberdade, podemos alistar-nos no exército, em guildas de mágicos, assassinos, ladrões, guerreiros ou missionários, o que dá como resultado o facto de ser praticamente um jogo interminável.
Se não apetecer fazer missões, sempre podemos caçar animais, construir uma casa e colher ingredientes para fazer poções... podemos fazer quase tudo neste fantástico jogo, que me orgulho de ter ajudado a "converter" alguns amigos, entre eles o Ega, dono deste famoso blog

2 comentários:

Miguel Santos disse...

6 estrelas amigo!!joguem porque vale apena, mas cuidado, esses meninos podem destruir familias e carreiras, ou seja, é bastante bom para o efeito:"criar raizes na cadeira"...

Parabens pelo blog amigao, fica bem, abraços!!

Miguel Santos

Alex disse...

Tchhh tem k s ir jogar obli! e morrow! é uma espada fantastica pah!! (as seguintes só eu e o miguel é k percebemos)"You like to dance close to the fire" e "you in'wah" Abraços Amigão!! já tenho saudades das nossas conversas ;) da baywatch