terça-feira, 16 de janeiro de 2007

Os 10 grandes portugueses







A RTP tomou uma iniciativa, que já tem ocorrido noutros países (Inglaterra, Finlândia ou Alemanha), de eleger com os votos do público, as 100 maiores personalidades de sempre do país. A lista nunca poderia ser consensual, pois tanto tem actores dos morangos com açúcar como a seguir tem personalidades dos descobrimentos (por exemplo).
O que me fez mais confusão (a mim e a mais algumas pessoas, infelizmente menos do que estava à espera), foi saber que Salazar está entre os 10 primeiros, e tem boas possibilidades de sair vencedor. Não ponho aqui em causa que ele marcou o século XX (governou o país, quase 40 anos), mas pessoalmente não pelas melhores razões, que todos (ou pelo menos pensava) sabemos...
Eu até não discordo que ele esteja na lista, desde que o Salgueiro Maia e o Álvaro Cunhal estejam sempre à sua frente (embora seja já pouco provável) pelo que lutaram pelo país e o que sofreram, para que hoje possamos votar, falar, ler jornais ou educar as crianças sem medo da censura e da repressão. O que coloco aqui poderá não ser do agrado de todos, mas pelo menos posso colocar sem ter medo que seja censurado, e é disso que não nos podemos esquecer... da liberdade.

2 comentários:

Miguel Nabarrete disse...

Eu já devia ter vindo comentar o blog há mais tempo, mas isto a vida anda difícil.

Este é um tema sem dúvida bastante delicado e que já se viu noutros países. Vou falar apenas de experiência própria, ou seja, da Alemanha onde houve igualmente uma votação deste estilo denominado "Unsere Besten" (os nossos melhores).

Nesta votação Hitler não foi incluído. No entanto na alemanha não existiu só Hitler como ditador, Erich Honecker que dominou a DDR com um braço de ferro e que impôs a construção do muro de Berlim. Foi julgado pela morte de cerca de 200 alemães que tentaram saltar o muro mas conseguiu fugir para o Chile onde morreu de cancro.
Erich Honecker, foi o ditador mais recente na Alemanha (se bem que só em metade) e posicionou-se em lugar 400 na votação alemã!

Ora Salazar ficou entre os 10 primeiros na votação portuguesa, não há duvida que ele foi uma personagem marcante na história portuguesa. E também não há dúvida que ele retirou Portugal de uma dívida externa bastante volumosa, mas fez isso à custa de um preço demasiado grande para se pagar, a liberdade dos portugueses. Eu discordo por isso que ele se encontre em qualquer top de personalidades e na minha opinião, apesar de ter marcado portugal também não entrava no top10 d'"Os Portugueses mais Marcantes".

Numa nota à parte é irónico o facto de ainda não há muito tempo o gato fedorento ter gozado com o facto de Salazar se encontrar na lista, talvez pensando que ele não chegasse muito longe na votação.

Alex disse...

Muito bem primão!